Postado em 15 de Dezembro às

DEZ ANOS DO CIRANDA: Integrantes da OSJNM reforçam a OJMT em concerto na capital do Estado

Orquestra Nova Mutum - MT Novo Conteúdo 01 (20/05/2013) Os treze integrantes da Orquestra Sinfônica Jovem de Nova Mutum (OSJNM) que hoje atuam como professores na instituição foram convidados pelo Instituto Ciranda –...

(20/05/2013) Os treze integrantes da Orquestra Sinfônica Jovem de Nova Mutum (OSJNM) que hoje atuam como professores na instituição foram convidados pelo Instituto Ciranda – Música e Cidadania, de Cuiabá, a juntar-se à Orquestra Jovem de Mato Grosso (OJMT) para o concerto comemorativo aos 10 anos do Ciranda, realizado na noite de ontem (19), no Cine Teatro Cuiabá.

O Instituto Ciranda (mantenedor da OJMT) e a Associação Cultural e Social de Nova Mutum (mantenedora da OSJNM) são “irmãos” nascidos do mesmo movimento musical e social que tem conquistado o Mato Grosso e o Brasil. Muitas crianças e jovens tiveram suas vidas transformadas pela música nestes 10 anos, e boa parte profissionalizou-se fazendo dessa arte um meio de vida.

O concerto foi a segunda apresentação da OJMT na Temporada 2013. O programa contou com as composições “Fanfarra para o homem comum”, de Aaron Copland; “Abertura Festiva, Op. 96”, de Dmitri Shostakovich; “Pompa e Circunstância – March n.1, Op. 39”, de Edward Elgar e “Batuque”, de Lorenzo Fernandez, em sequência. “São obras-primas do repertório universal, perfeitas para que a Orquestra possa mostrar ao público que o seu desenvolvimento não é só técnico, mas também artístico”, explica Murilo Alves, regente da Orquestra Jovem e presidente do Instituto Ciranda.

Para o maestro, foi uma satisfação contar com a participação dos jovens mutuenses no concerto. “Nova Mutum já nos oferece muitos talentos. Para alguns deles, essa foi a primeira apresentação com a OJMT, e isso é uma experiência muito importante, que vai acrescentar muito em termos de experiência e currículo”, salientou Murilo Alves.

Presente no concerto, a secretária de Estado da pasta cultural, Janete Riva, comentou a importância do Ciranda. “Dia a dia tenho vivenciado as experiências culturais das mais diversas e num mergulho dentre tantos aparelhos, grupos e instituições voltadas à arte, o Instituto Ciranda tem se revelado um dos mais importantes de todo o setor cultural. Não só por seu caráter artístico, como também social. Crianças e adolescentes têm a oportunidade de desenvolverem habilidades artísticas, ao tempo em que podem vislumbrar um futuro melhor”.

Já a primeira-dama e secretária Roseli Barbosa destacou a mudança no cenário musical de Mato Groso ocasionado pelo Ciranda. “Além de transformar individualmente cada um dos alunos atendidos, as ações do Ciranda também promovem a profissionalização do setor e traz ainda a perspectiva da geração de novos organismos musicais. Muitos alunos atendidos pelo Instituto têm buscado se especializar em cursos superiores em várias universidades do país”, ressalta Roseli.

Com: www.cirandamusicaecidadania.org
_________________________________
Assessoria de imprensa – OSJNM
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

OJNM toca em Solenidade de Formatura do Projeto Bombeiros do Futuro30/11/18 Com sopros e percussão a Escola de Música participou na tarde de ontem (29), da Solenidade de Formatura da 6ª Edição do Projeto Social Bombeiros do Futuro de Nova Mutum, realizado pela 5ª Companhia Independente de Bombeiros Militar (CIBM) em parceria com a Secretaria de Cidadania e Assistência Social. A participação do grupo especial da Orquestra Jovem......

Voltar para Blog