Postado em 02 de Outubro de 2014 às 11h42

História da OSJNM vai ser contada nos cinemas

A Orquestra Sinfônica Jovem de Nova Mutum (OSJNM) vai virar filme de cinema. O longa será produzido pela DGT Filmes, empresa do ramo com sede em São Paulo-SP, que já está com uma equipe em Nova Mutum iniciando a produção que será em estilo documentário.

A ideia partiu dos próprios produtores que acompanharam uma apresentação feita pela OSJNM em São Paulo. O concerto que aconteceu no dia 27 de abril deste ano no Centro Cultural São Paulo, sala Adoniran Barbosa, foi realizado em homenagem a idealizadora da Instituição, Hilda Stranger Ribeiro. “Recebi o convite para a apresentação e fui. Logo no início senti a emoção transmitida pelos alunos através das notas musicais e chorei durante a apresentação. Ali me veio o primeiro pensamento sobre registrar essa história. Afinal é impressionante o ritmo que essa Orquestra tem mesmo com seu pouco tempo de existência e os patamares que ela já conquistou”, diz Toni Nogueira, diretor de fotografia e produtor.

Toni, acompanhado pelo roteirista e diretor Sérgio Gagliardi, passou parte da semana em Nova Mutum. Ambos já iniciaram os primeiros trabalhos de produção do filme. Segundo eles, no momento é impossível se afirmar qual linha as filmagens seguirão. “Iremos contar a história, mais ainda não temos exatidão, pois o documentário vai se auto fabricando conforme sua produção. Posso afirmar que os jovens músicos serão o ponto central, suas vidas e dificuldades para estudar e o reflexo do trabalho da Orquestra em suas vidas e na vida desta cidade”, diz Toni.

O longa será rodado em Nova Mutum utilizando personagens reais que já começaram a ser escolhidos. A dupla está visitando os alunos, conhecendo um pouco de suas vidas e estudando ainda a logística da cidade para definir as locações de gravação.

“Não temos uma receita de como fazer. Tenho certeza que seremos surpreendidos durante o processo de produção e gravação. Já conhecemos ótimos personagens, de histórias fortes e muito emocionantes e isso vai ajudar a compor o roteiro que dever contar a história da Orquestra passando pela vida destes personagens. Já a fotografia do filme irá se apropriar do cenário de cerrado e das marcas do agronegócio, entre outros aspectos”.

“Ficamos lisonjeados em saber que nossa história será eternizada nesta sétima arte. Temos uma boa e vitoriosa história pra contar. Eles estão dispostos a fazer o filme. Assim tornaremos estes jovens músicos em artistas de cinema, levando assim o nome da Orquestra e da cidade para todo o mundo”, diz Luiz Divino da Silva, presidente da Associação Cultural e Social de Nova Mutum, instituição responsável pela OSJNM.

Esta é a primeira visita da dupla que deve retornar mais vezes antes de iniciar as gravações. Ainda não há previsão de quando o filme começa a ser rodado.

_______________________________________
Assessoria de Imprensa - OSJNM
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC
Com: Diego Weber

Veja também

FESTIVAL: Ciranda em Cordas deixa sua marca02/07/14História da Música Brasileira foi o tema do Concerto 3, no auditório da Acenm/CDL A segunda noite do 1º Festival Nova Mutum de Música Orquestral (FNMO) proporcionou aos apreciadores da música brasileira erudita um momento ímpar. Com o tema História da Música Brasileira, o grupo Ciranda em Cordas foi o responsável pelo Concerto 3 do festival, na segunda feira (30), no auditório da Acenm/CDL. Em formação de quarteto, com os......

Voltar para Blog